NEP Ribeirão NEP Ribeirão
-->

Terapia Familiar

AS REDES SOCIAIS NA FAMÍLIA, NA TERAPIA FAMILIAR E NA SOCIEDADE BRASILEIRA:



Elenice Alves Gomes*

Dias 24 e 25 de maio de 2013 foi feito um Simpósio com esta temática na cidade maravilhosa, promovido pela ATF/RJ (Associação de Terapia Familiar do Rio de Janeiro). O convidado especial foi Gonzalo Bacigalupe, terapeuta familiar chileno, radicado nos Estados Unidos. A metodologia do evento foi conduzida de forma dinâmica, fazendo com que o público de aproximadamente 70 terapeutas familiares brasileiros se envolvesse na análise do impacto das redes sociais nos dias atuais.

Repasso algumas informações importantes:


  • A rede mais acessada atualmente é o Facebook.
  • Em segundo lugar vem o Youtube.
  • O Skype NÃO tem privacidade!!!


Para quem se interessa e precisa aprofundar o assunto, recomento o livro “Vivendo esse mundo digital: impactos na saúde, na educação e nos comportamentos sociais”, editado recentemente pela Artmed e organizado por Cristiano Nabuco de Abreu, Evelyn Eisenstein e Susana Graciela Bruno Estefenon.

Logo após este evento, em junho desse ano, vivemos no Brasil a já histórica onda de manifestações populares que se espalharam por todo país, convocada essencialmente pela rede campeã: Facebook. Este fenômeno não foi exclusividade nosso! A Primavera Árabe, o Occupy nos Estados Unidos, os Indignados na Espanha e a defesa da Praça Taksim na Turquia confirmaram a força das redes e o papel das novas tecnologias de informação e comunicação na contemporaneidade. Este novo papel, parece ser o de quebrar o monopólio das mídias tradicionais e evidenciar o esgotamento dos atuais modelos de representatividade civil nestes países.

Restam algumas questões importantes:


  • Como liderar essa “massa digital”?
  • O objetivo é apenas Movimentar?...
  • Enquanto redes sociais, qual a melhor forma de usar essas ferramentas?...


No atendimento clínico a casais e famílias, temos visto grandes impactos causados pelo mau uso das redes e outras formas de comunicação eletrônica, devido a exposições excessivas de pessoas e suas vidas privadas. São ferramentas ainda em construção e que por isso, requer ainda muito aprendizado e cuidado sobre seu uso.


*Texto baseado em artigo publicado no Boletim do segundo quadrimestre de 2013 “O Bode eSpiatório”, da APTF (Associação Paulista de Terapia Familiar)



NEP RIBEIRÃO

Endereço: Rua Garibaldi, 3190 - Alto da Boa Vista - CEP: 14025-190 - Ribeirão Preto - SP

Fone/FAX: (16) 3911-5038